contato@rodrigotristao.com.br
(11) 3479-2030 - (11) 99799-9702

TELAS FACHADEIRAS E SLQA

Telas Fachadeiras na Construção Civil e seus sistemas.

TELAS FACHADEIRAS E SLQA

Tdelas Fachadeiras na Construção Civil, Normas e Sistema SLQA.

As telas Fachadeiras ou telas para Construção civil como são comumente conhecidas são geralmente utilizadas em prédios que estão em construção ou reforma. Mas de uma forma geral esse tipo de tela serve para qualquer obra e sua instalação evita uma série de problemas tais como, impedir que detritos ou ferramentas caiam das obras podendo vir a atingir alguma pessoa, ser uma proteção para os funcionários que trabalham na obra e até mesmo diminuir a consideravelmente a quantidade de poeira que a obra expele para as outras construções a sua volta.

 
Assim como todas as redes e telas que a Protege trabalha a tela fachadeira também é feita de polietileno virgem. Isso garante maior resistência as intempéries climáticas pois o polietileno possui tratamentos especiais, o que é muito importante para um tela fachadeira já que a grande maioria são instaladas em locais abertos.
 
SISTEMA LIMITADOR DE QUEDAS EM ALTURA- SLQA 

O Sistema Limitador de Quedas em Altura, oferece proteção aos andares que serão construídos acima da última bandeja secundária e que portanto não estão sob a proteção das telas fachadeiras. Fornecemos o  Sistema nas condições de Venda e Locação, disponíveis nos seguintes modelos:

SLQA LEVE; composto por suportes metálicos retos com 4 metros de comprimento, rede de polietileno malha 5cm x 5cm com proteção UV e antioxidante e tela mosquiteiro industrial de polietileno malha 1,5 mm x 1,5 mm.

SLQA INTERMEDIÁRIO; composto por suportes metálicos com 4 metros de comprimento em ângulo de 45°, rede de polietileno malha 5cm x 5cm com proteção UV e antioxidante e tela mosquiteiro industrial de polietileno malha 1,5 mm x 1,5 mm.



SLQA PESADO (TIPO FORCA); composto por suportes metálicos tipo forca com 6 metros de comprimento x 2 metros de extensão, rede de polietileno malha 5cm x 5cm com proteção UV e antioxidante e tela mosquiteiro industrial de polietileno malha 1,5 mm x 1,5 mm.
 
NR 18 Plataformas e tela de proteção na construção civil telas e sistema Slqa. 
As medidas de proteção contra quedas são muito importantes, especialmente na construção civil que é um lugar onde os riscos são mutáveis.
Na construção civil cada etapa da obra contempla um risco diferente. Estar atento as proteções coletivas é muito importante para evitar quedas e problemas com a fiscalização do trabalho.
Plataformas de segurança e tela de proteção na construção civil – NR 18

PROTEÇÕES COLETIVAS
NR 18.13.1 É obrigatória a instalação de proteção coletiva onde houver risco de queda de trabalhadores ou de projeção e materiais.
Esse item mostra que de forma geral qualquer vão que gere risco de queda de materiais, objetos e pessoas deve conter proteções coletivas a fim de manter o ambiente seguro. A preocupação é tanto para os que estão em cima da edificação, quando aos que estão em baixo e podem ser atingidos por algum objeto.

PLATAFORMA PRINCIPAL
NR 18.13.6 Em todo perímetro da construção de edifícios com mais de 4 (quatro) pavimentos ou altura equivalente, é obrigatória a instalação de uma plataforma principal de proteção na altura da primeira laje que esteja, no mínimo, um pé-direito acima do nível do terreno.


O térreo conta.
Não podemos desconsiderar o térreo no momento de dimensionar a colocação da plataforma. Afinal, o que está em questão é a altura vertical da edificação, de forma total. A partir do momento em que se sabe que edificação terá a quinta laje a plataforma se faz necessário.

TAMANHO DA PLATAFORMA DE PROTEÇÃO PRINCIPAL
NR 18.13.6.1 Essa plataforma deve ter, no mínimo, 2,50m (dois metros e cinqüenta centímetros) de projeção horizontal da face externa da construção e 1 (um) complemento de 0,80m (oitenta centímetros) de extensão, com inclinação de 45º (quarenta e cinco graus), a partir de sua extremidade.
O tamanho que deverá ser observado na construção da plataforma principal. Ele destaca que a maior parte dos erros que encontra na parte da inclinação da plataforma, que na maioria das vezes não chega aos 80 centímetros exigidos pela norma.

DA COLOCAÇÃO E RETIRADA DA PLATAFORMA DE PROTEÇÃO PRINCIPAL
NR 18.13.6.2 A plataforma deve ser instalada logo após a concretagem da laje a que se refere e retirada, somente, quando o revestimento externo do prédio acima dessa plataforma estiver concluído. A bandeja deve se instalada imediatamente após a contretagem da primeira laje. Então imediatamente após a concretagem da primeira laje vem a colocação da bandeja, nesse caso, a principal.
A bandeja principal só pode ser retirada quando o revestimento externo acima dela estiver concluído. Ela existe também para proteger quem passa embaixo contra a queda de materiais, então enquanto houver trabalho mesmo que seja na fachada acima dela, ela precisa estar presente.

PLATAFORMAS SECUNDÁRIAS
NR 18.13.7 Acima e a partir da plataforma principal de proteção, devem ser instaladas, também, plataformas secundárias de proteção, em balanço, de 3 (três) em 3 (três) lajes.A par tir da primeira plataforma de 3 em 3 devem ser instaladas plataformas de proteções secundárias.  

 

O QUE QUER DIZER EM BALANÇO?
O termo “em balanço” para descrever algo que está posicionado do lado de fora da edificação, de forma horizontal. Logo, todas as bandejas que de proteção da edificação estão posicionadas em balanço.

TAMANHO DA PLATAFORMA DE PROTEÇÃO COLETIVA SECUNDÁRIA
NR 18.13.7.1 Essas plataformas devem ter, no mínimo, 1,40m (um metro e quarenta centímetros) de balanço e um complemento de 0,80m (oitenta centímetros) de extensão, com inclinação de 45º (quarenta e cinco graus), a partir de sua extremidade.
É interessante observar que a plataforma de proteção secundária tem a parte de inclinação do mesmo tamanho da principal, ambas tem 80 centímetros, a inclinação também é a mesma.

DA COLOCAÇÃO E RETIRADA DA PLATAFORMA DE PROTEÇÃO COLETIVA SECUNDÁRIA
NR 18.13.7.2 Cada plataforma deve ser instalada logo após a concretagem da laje a que se refere e retirada, somente, quando a vedação da periferia, até a plataforma imediatamente superior, estiver concluída.
Como vimos à plataforma de proteção coletiva secundária deve ser colocada logo após a concretagem da laje, e só pode ser retirada quando a vedação da periferia até a plataforma de cima estiver concluído. Lembrando que quando a norma se vedação de periferia se refere à construção de parede.

Vamos mostrar um exemplo:




TELA DE PROTEÇÃO

NR 18.13.9 O perímetro da construção de edifícios deve ser fechado com tela a partir da plataforma principal de proteção.
NR 18.13.9.1 A tela deve constituir-se de uma barreira protetora contra projeção de materiais e ferramentas.
Vamos mostrar um exemplo:

NR 18.13.9.2 A tela deve ser instalada entre as extremidades de 2 (duas) plataformas de proteção consecutivas, só podendo ser retirada quando a vedação da periferia, até a plataforma imediatamente superior, estiver concluída.

Apesar da NR 18 não exigir, nós recomendamos que a tela seja colocada logo na subida do prédio, a partir da quarta lage, e com a subida do prédio podemos ir aumentando o tamanho da tela. A tela só pode ser retirada que quando a proteção de periferia acima dela estiver concluída, ou seja, quando as paredes se constituírem uma barreira contra o risco de quedas de materiais.

PROJETO DE IMPLANTAÇÃO PARA INSTALAÇÕES.

Em conjunto com empresa parceira de instalações e fornecimento de telas e seus sistemas, nosso Escritório RT Arquitetura, Urbanismo, Paisagismo & Interiores desenvolvemos projetos de implantação do Sistema limitador de quedas em Altura e das Telas para Proteção de Fachadas com emissão do RRT Registro de Responsabilidade Técnica do projeto e acompanhamento à execução.

  

O projeto representa a instalação dos sistemas e pontos de fixações. Todos os desenhos são representados por plantas, cortes, textos e fachadas.
Os trabalhos são entregues em  “pdf”. PROJETO DE IMPLANTAÇÃO.

SOMOS A SOLUÇÃO QUE VOCÊ PRECISA !

Com resultado e qualidade que compensa amplamente seu investimento.

 
Tem um orçamento limitado ? Podemos propor maneiras de obter mais de seu investimento do que você imaginou ser possível.

PARA O DESENVOLVIMENTO DO PROJETO COMPLEMENTAR DE TELAS E SISTEMAS SOLICITAREMOS O PROJETO ARQUITETÔNICO.
 
Não tem o Projeto  Arquitetônico  ? Não tem problema. Desenvolveremos seu projeto de Arquitetura e Complementares.
Ou se preferir entre em contato através do
Telefone:  11 3479-2030
Será um prazer em te adender !



22 de Agosto de 2017

Vamos conversar sobre seu projeto!

Preencha o formulário, descreva suas necessidadse e desejos que entraremos em contato o mais breve possível.
Somos a SOLUÇÃO que você precisa !
Será um prazer em atendê-los (as). !

RT Arquitetura | Rodrigro Tristão Arquiteto e Urbanista © 2016. Todos direitos reservados.